E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Caderno de Versos


Com seu caderno de versos
Na linha do tempo
Palavra e retrocesso
Para ensinar
Senhora de tempo vivido
Sacerdotisa
Reinventando vida
Com passos passados a limpo
E lindo
É o seu sorriso sábio...
Haja flores
Para enfeitar o seu caminho
Haja paz
Para banhar o seu coração lilás
Haja emoção
Para toda a luz que te avizinha
Haja sorriso
Para agradar a Dona Benta Rainha.

***

Há aproximadamente cinco anos tive a enorme felicidade de conhecer Dona Benta. Não, não é a do Sítio do Monteiro Lobato. Dona Benta, uma poetiza anônima. Não sei se ela ainda existe neste planeta, pois, naquela época já era bastante idosa. Um dia, folheei o jornal local da minha cidade natal, Dracena, interior de São Paulo, e havia uma reportagem falando de Dona Benta. Ela morava no asilo da cidade e escrevia poemas para ocupar o seu tempo. A família não a visitava. Ela não tinha nenhum amigo além do seu caderno de versos... A história desta mulher me comoveu profundamente e escrevi este poema para tentar, apenas tentar, pontuar o quanto bem ela havia feito ao meu coração tão jovem de aspirante a poeta. Um exemplo eterno pra mim, pra minha poesia.
Salve Dona Benta!
Salve a todos os poetas deste planeta que anonimamente alimentam-se de poesia e me fazem ser alguém melhor só pelo simples fato de tentar ser tão nobre quanto o que me inspira...


2 comentários:

  1. Oii
    Valeu por me seguir la, de verdade ..
    Significa muito pra mim
    Espero vc la agora mais vezes ok ? ;]
    Beijaoo

    .

    ResponderExcluir
  2. Olá;
    Adorei conhecer seu espaço...muito bom,lindo tudo aquilo que voce escreve...obrigada por ter aderido á minha parceria com eclipse luar...
    Quero vir aqui muitas vezes te ler

    Bjs cheios de luar

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?