E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 6 de abril de 2009

A Brisa Oceânica No Meu Quintal



Preciso ver a noite

E as janelas da minha casa


Ultimamente

Andam tão trancadas

As estrelas

Estão pedindo pouso

Mas, de onde vem o barulho?

A vida corre um oceano

Um mergulho

E preciso respirar

Olhar as flores

O pomar

Sentar e descansar

Na brisa oceânica

Do meu quintal

Da minha janela

Tão ultimamente fechada

E a noite continua querendo entrar...

Preciso ver mais a noite!


Um comentário:

  1. Claudia Manica08 abril, 2009

    Que delicia de poesia, e a foto que vc escolheu melhor ainda. Me imaginei eu sentada com essas asas.... sentindo a brisa da noite, tão calma e serena, que traz a paz que tanto pedimos.
    Beijos, meu amigo irmão. Continue sempre assim tão inspirador, iluminado e confidente.
    De quem te admira muito.
    Claudia

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?