E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Versos e Carinhos


.

Uma poesia

Escrita com a sua letra

Na mais bela e perfeita

Simetria

Entre versos e carinhos

Dispostos em frases,

Em vírgulas e interrogações.

O que realmente interessa

Na pressa

De conseguir a conciliação

Entre querer e saber

É poder estar contigo

No melhor sorriso


Servindo de sincero abrigo

Para quem ainda está perdido

Procurando encontrar o caminho

Para juntar o sozin
ho

Com a exatidão.

E a poesia

Que você me causou

Propôs a libertação


Do melhor sentimento

Que já esteve por aqui.




5 comentários:

  1. Oi,querido poeta!Passei pra te deixar um carinho com perfume de madressilvas...O teu blog é tão lindo e os textos tão bem elaberados que fico envergonhada do meu...Onde arranjas estas imagens de quadros antigos de deuses e figuras de sonho?As maravilhosas cores e formas me inebriam,me levam aos cumes do prazer estético, pois como sabes, sou artista plástica...se puderes me dizer...Um beijo enluarado na tua alma!

    ResponderExcluir
  2. A ponte faz a conexão e nos leva para mundos distantes, resgatando valores que esquecemos no dia a dia. Palavras que se perdem no ar e seguem espalhando alegria... Abs!

    ResponderExcluir
  3. Olá Sweetheart...

    E fosse o carinho a eterna morada do poema, todas as estrofes me habitariam os lábios,e todas as palavras me gravaria nos dedos...

    Um ENORME sorriso de bem-querer...

    =)

    ResponderExcluir
  4. Oi Wheley!!!
    Um Poema na mais bela e perfeita
    simetria.
    Um Bom Fim De Semana.
    Angela

    ResponderExcluir
  5. A primeira vez que passo aqui no seu blog e fiquei deslumbrado com as imagens. São lindas! Ah! e o gatinho ao fundo, uma maravilha. Bom, concluindo com o que devia ter começado, também gostei do poema, muito escorreito, encadeado e, a ideia subjacente da partilha, do convívio e da relacionação é um valor que me é muito querido.

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?