E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 28 de abril de 2013

Sofia e Seus Cinco Anos de Idade!





Queridos Amigos da Sofia!


Hoje venho para celebrar. Para festejar a vida! Para agradecer a Deus, a tudo e a todos. Motivo: O Amigo da Sofia completa CINCO anos de vida. Entre tombos e tropeços, caminha com juvenis e ancestrais passos.
O meu coração hoje é explosão de alegria, gratidão e vontade de continuar escrevendo. Hoje trago a certeza de ter sido esse blog centro e palco de incontáveis e imensuráveis sabores vivenciados em minha alma. Cada amigo que conquistei por aqui. Cada comentário. Cada sentimento despertado - em mim e em meus leitores. Muito obrigado a todos. A cada um dos atuais 313 seguidores... Nossa! 313! E pensar que há cinco anos me questionava se alguém ia ler o que eu escrevia. E, se lessem, o que diriam? A vida é mesmo assim... E eu amo-a!



Feliz aniversário ao Amigo da Sofia!


Deixo aqui de presente - para o Amigo da Sofia - seu segundo selo comemorativo (acima). Espero que cada um que passar por aqui leve-o consigo, para seu espaço, para celebrar não somente as festivas do blog, mas, e muito mais, a amizade, a alegria, a parceria de vida e de blogs... Levem, é nosso!

Que Deus permita-me adentrar agora e percorrer o sexto ano do Amigo da Sofia com as alegrias, as emoções, as sensações, os aprendizados, os amigos e as bênçãos trazidas por eles, e todo o resto em dobro... E, que nesse novo ano, a presença dos amigos, dos leitores, dos seguidores, dos simpatizantes, dos críticos, dos torcedores (contra e à favor) sejam repletas de lições e crescimento... Sejam sempre todos muito bem vindos à essa casa de poesia!


LUZ e PAZ!




 (Primeiro selo comemorativo do Amigo da Sofia - 2 anos)

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Bonecos





Somos todos bonecos
Personagens
De uma história sem nexo
De um roteiro não anunciado

Somos criaturas
Relegadas
Ao esquecimento

Sem criador
Sem redator
Sem final feliz

Sem ator ou atriz
Interessados

Nosso espetáculo
Não tem começo
Não terá fim

Não temos platéia
Não teremos aplausos

Não haverá ninguém nas coxias

Não somos ninguém 
Pelos camarins...


~ . : : . ~


Salve Amigos da Sofia,

Esse poema que vos apresento hoje traz uma questão deveras filosófica e metafísica, mas que não explicarei. Que chegue a cada um como tem que ser, dizendo o que for que diga. Escrevi-o na ocasião de uma peça teatral que encenei com o grupo de teatro lindo da terceira idade do qual tenho a honra de ser professor.

Sinceramente, espero muito que os toquem. Comentem!


Luz e Paz!
 


Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?