E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 19 de maio de 2013

O Caminho e o Guerreiro!


Eu que fiz.

  A lágrima ofuscando o olhar
Cristaliza a angústia
Que a saudade alimenta

Dói

Mas um guerreiro não se curva
E contempla
O sangue inimigo no fio da espada

Que as pedras do caminho afiaram
Na procura de estrelas enterradas...


 
Fiz essa também...


Salve queridos Amigos da Sofia!

Vasculhando algumas agendas antigas (minha velha mania de guardar possíveis cadernos e papéis antigos para servirem de bloco de anotações) acabei por me deparar com esse poema acima... Não lembro exatamente o nome dele, por isso o rebatizei...  Tampouco me lembro se já o publiquei aqui no Amigo da Sofia. Se o fiz, por favor, me perdoem a repetição... Mas, se o fiz, por gostar muito dele, me atrevo a dizer que merece a tal possível - e provável - repetição. As duas fotografias dessa publicação eu mesmo fiz. Do meu modesto e humilde aparelho de celular. Essa é a estrada que enfrento todos os dias para trabalhar. Tenho minhas compensações, como podem perceber nas imagens.

P.S.: É PROFUNDAMENTE ERRADO E CONTRA AS LEIS DE TRÂNSITO MANUSEAR APARELHO TELEFÔNICO DURANTE A DIREÇÃO. E É MUITÍSSIMO PERIGOSO. PRONTO! JÁ PUXEI MINHA PRÓPRIA ORELHA... 


Luz e Paz!


2 comentários:

  1. Obrigado, Fátima!

    Sua presença aqui no blog me alegrou muito.. Abraço!

    Luz e Paz!

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?