E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Monstro Silencioso!

.
Salve queridos Amigos da Sofia!
.

Hoje trago toda a minha indignação, nojo, asco e repúdio manifesto neste espaço que é de poesia. Acredito que um poeta não é um mero construtor de frases bonitas ou palavras doces. A poesia sempre me valeu como instrumento de comunicação e reflexão sobre os mais diversos assuntos e aspectos da vida. Por isso trago essa publicação tão cruel, pesada, impensável e inadmissível.

Preparem o estômago e os nervos para assistirem ao primeiro vídeo... É lamentável! É horrível! É cruel! É desumano, no sentido mais baixo da palavra. Violência, por si só, monstro silencioso, já é algo que não deveria existir... Independente de religião, de princípios culturais ou de posicionamento pessoal...

Esses dois vídeos chegaram em meu correio eletrônico provenientes de uma amiga muito querida e não consegui simplesmente fecha-los e passar por cima... Divulgar aqui, neste espaço de encontro virtual, é o mínimo que posso fazer...

O Primeiro Vídeo: Violência Contra Animais em Rodeios.
.
Vídeo Cruel!
.
video


"A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de caráter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem."
Arthur Schopenhauer, Filósofo Alemão
.
.
.
O Segundo Vídeo: exemplo de compaixão, respeito, amor e humanidade (a mesma que falta em pessoas como as que aparecem no primeiro vídeo)!
.
.
.
video
.
.
Obrigado por todas as visitas!
.
Luz e Paz!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Todas as Marias!

.


Maria
Da aflorada poesia
Da reluzente maestria
Da cativante e simples simpatia!

Maria
Dos olhos tímidos e ligeiros
Do coração provinciano, trigueiro
Do amor mais lúcido e mensageiro!

Maria
Bethânia, begônia, margarida
Rosa perfumada, flor enternecida
Jardim das cores melhores; vida!

Maria
Que canta o canto poético
Que sonha o realismo épico
Que transforma voz em verso onírico!

Maria
O aprendizado é seu hóspede permanente
O tempo é seu condutor tão elegante
O amor é sua verdade tão humanamente envolvente!

Maria
Que canta e se expõe viceral
Que sorri e perpetua sua luz sideral
Que vive e vida semeia ancestral.

Maria
Alma cultural, popular, profunda, voluptuosa
Púrpura borboleta que voa suntuosa
Colorida emoção angelical, maravilhosa!
















domingo, 5 de setembro de 2010

O Que Tem De Você Em Mim

.

De todos os sabores

O mel de seus lábios é o inesquecível


De todas as cores


O fuzil de seus olhos é o imprescindível


De todos os amores


Você foi o único


Que incensou o meu viver


E sem perceber


Trouxe flores


Para o orvalho alvorecer.


Frutificou sorrisos


E proliferou improvisos


Para abraçar a emoção


Que, estando ao alcance


Sustentando a melhor reação,


Pôde permanecer intacta


Na infinidade de um instante


Passado no mais alvo de repente


Que fez a surpresa presente


E a presença irreverente


Portadora do sentimento mais bonito


Que já me fizeram conhecer.


E é inútil tentar perceber


O quanto há de você em mim.
.
.
.

.

E o amor chegou à minha vida e mostrou-me que de todas as sensações e sabores que havia experimentado nada é tão novo e tão antigo dentro de mim... E, ainda hoje, me espanto com a velocidade em que o amor renova-se, reinventa-se, comove-me, inspira-me e ilumina todas as frestas em mim...

E até parece que vivo dentro de um poema de Vinícius enfeitado pela voz de Bethânia!.


quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Ab imo corde*

.


A mínima mentira


Fere-me


Tira-me


A crença


Que me provoca


Calma


E dilacera


A quimera


Utópica


Regalia


A melodia que sufoca


Os arroubos


Agouros


Agarros


Das mínimas mentiras...



(Detesto gente mentirosa! Quem é capaz de mentir uma mentira pequena é capaz de mentir uma mentira grande...)

* Em Latim essa expressão significa: "Do mais profundo do coração".

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?