E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 2 de dezembro de 2012

Soneto Dos Sorrisos Escassos




Você está me deixando escapar
Estou fugindo por entre seus dedos
E você não está percebendo, ou está fazendo
Sala.. Mala para me despachar.

Você deixa muito espaço entre nós dois
Vai acabar cabendo mais alguém
E meus olhares para o lado
É naufrágio, refúgio desnecessário.

Já vivemos muitas histórias boas e outras
Mas está desbotando, descolorindo
O amor está desesperadamente definhando.

Os sorrisos escassos caindo pelo caminho
Os beijos, os suspiros, os suores, as pegadas
Estão me fazendo cada vez mais sozinho!




10 comentários:

  1. Eh, meu amigo Whesley! Calou fundo esta poesia em mim.Que linda! Intensa, verdadeira!
    vou até me atrever: vc deixa eu colocá-la no meu blog? CLARO, com os devidos créditos.
    Beijos mineiros para vc, querido! Estava com muitas saudades!
    Martha

    ResponderExcluir
  2. Olá minha querida amiga Martha,

    Fico feliz que tenha gostado dessas "mal traçadas linhas"... Permissão dada! Vai ser uma honra participar do seu espaço tão refinado e lindo. Obrigado, mesmo! Saudades tb!

    Luz e Paz!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia! Cheguei até aqui através desse lindo poema. Que nossa amiga em comum Martha (http://ternuraantiga.blogspot.com.br/) postou com toda ternura... Gostei do que vi, li e por aqui estou ficando. Abraços

    ResponderExcluir
  4. Querida May Lu,

    Seja muito bem vinda. Que Sofia toque seu coração sempre que por aqui andares. Sua presença, com certeza, é outra estrela se acendendo no céu da minha poesia. Obrigado por vir!

    Luz e Paz!

    ResponderExcluir
  5. Amigo Whesley, adorei ver sua poesia no ternura da Martha.As vezes me pergunto porque as pessoas acham tão difícil admitir o quanto são sozinhas deitadas ao lado dividindo a cama...e a vida
    Acredito que uma das razões é entregar a felicidade nas mãos do outro, tão fácil e sufocante.
    Difícil é caminhar ao lado, o preço é o amadurecimento...o respeito... a parceria...
    Mas só assim vale a pena,só assim vivemos um grande amor...
    Abraço, boa noite.
    Maria da Graça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Maria da Graça,

      Magnífico comentário o seu... Verdadeiro, honesto e cru, exatamente como aprecio. Quando falta a parceria que falaste as cores começam a desbotar e é necessário que ambas as partes pincelem novamente para restaurar os tons e descobrir novos. Vou refletir muito sobre suas palavras. Obrigado por vir e contribuir.

      P.S: A Martha é uma pessoa incrível, assim como vc. Bjs às duas!

      Luz e Paz!

      Excluir
  6. Olá menino
    É triste perceber que o amor está se esvaindo.
    Voltei.
    Bjux

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Wanderley,

      Que surpresa maravilhosa recebe-lo aqui novamente depois de tanto tempo. Seja muitíssimo bem vindo, rapaz!

      O amor é igual a Fênix: renasce das próprias cinzas, se refaz!

      Bjs!

      Luz e Paz!

      Excluir
  7. Boa noite!
    Teu blog é um presente,trabalhos maravilhosos.
    Parabens
    vera portella

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, Verinha!

    Presente mesmo é o seu comentário tão amável e sua presença tão luminosa. Seja bem vinda!

    Obrigado pelo carinho!

    Abraço!

    Luz e Paz!

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?