E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Da Minha Janela

.
Foto tirada da janela do meu apartamento.

O sol está em mim, literalmente, gravado de forma definitiva e determinante. A noite me inspira a viver, mas o sol me alimenta. O frio, congelando os sentidos deturpados, sorrateiro, agindo pelas entranhas silenciosamente, não me atinge... Se o sol estiver feito escudo a me proteger! Por isso olho muito e muitas vezes pela janela do meu apartamento. Essa é uma forma de oração. A minha maneira de falar com uma superioridade que alguns chamam "Deus". Mas, o que ninguém sabe, é que - secretamente - miro o celeste firmamento na tentativa insana e homérica de encontrar um meio de voltar para a galáxia de onde cai... Porque eu cai! Despenquei! Enquanto não consigo meu objetivo aproveito para fazer desse planeta a minha escola, e das pessoas - seres humanos - meus professores...
E escrevo quando consigo!
No resto do tempo? Silencio!


~ :: ~




Da minha janela
Observo os versos escorrerem sem chuva
Vejo todo o novo vilarejo que já é ruína

Da minha janela
Grito socorro para todos os silêncios
Revigoro todas as vezes que a noite me alucina

Da minha janela
Ouço os ruídos descompassados da desordem
Percorro meus pensamentos ensolarados, sem neblina

E sonho! E vivo!


4 comentários:

  1. Olhando pela tua janela gostei do que vi!

    Abraços,

    Anna Amorim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna,

      Obrigado por vir olhar pela minha janela comigo... Abraços!

      Luz e Paz!

      Excluir
  2. Querido Whesley!Belíssima prosa-poesia!
    Percorro a distância que nos separa em pensamento
    e,sentirás minha presença
    ao teu lado como um perfume sutil ou uma cintilação...
    É minha alma que te beija...Voltaremos,com certeza, para a Estrela Azul algum dia!Talvez eu chegue antes e se isto acontecer estarei olhando o céu todas as noites na tentativa de vislumbrar este planetinha azul onde vivemos agora,sentindo a saudade da tua presença... Mas,sei que quando estiveres viajando no rumo da nossa estrela
    a noite se encherá de brilhos e em cada astro luminoso
    ouvirei teu riso,
    e escutarei tua voz!Serão como música para mim! Beijos enluarados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cezarina,

      Fada cigana amada... Sua presença é essencial!

      Bjs!

      Luz e Paz!

      Excluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?