E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Eu & Você!

.


Eu melodia serena


Você trio elétrico desenfreado


Eu noite de luar

Você sol de estatelar

Eu filme romântico

Você ação e suspense

Eu brisa litorânea

Você vendaval, tempestade momentânea..



E quando tudo revira

Nós nos encontramos!



Juntos e completos!


***************************************




Salve Amigos da Sofia,
Esse selinho ganhei de uma amiga sempre muito querida e gentil comigo e com o Sofia, Reggina Moon, do blog ®Verso & Prosa, e aproveito para compartilhar com todos os meus amados amigos e seguidores... Levem, é nosso! Sempre! Obrigado Reggina... Luz e Paz!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Série Urgências!

.

A vida tem me bebido deliberadamente... Descaradamente! Não me perguntou em nenhum momento se podia me tomar nos braços e me cortejar... Mas, assim o fez. Trouxe-me flores. Cantou-me versos já devorados por Cronos. Mostrou-me paisagens que só ela - a vida - conhece. Conduziu-me em passeios sem o menor sentido lógico, mas, repleto de gostos e sabores ímpares. Todos tão docinhos e absurdamente suculentos. E quem trazia a bandeja era ela, a vida. Essa senhora que exala fragrâncias incompreendidas e alucinógenas. Essa moça que faz o que bem entende comigo já se entregou a mim... E eu a desejei. Desejo-a suntuosamente a todo instante. Tenho fome de seus olhares. Tenho necessidade de seus braços. Tenho braços para segura-la, mas ela dança. Ao meu redor. Dança! Rodopia! E, com isso, não deixa ninguém domá-la... Somente acompanhá-la pelo mundo... Ela é livre. Independente. Senhora e dona de seu próprio cordão existencial. Eu caminhei pelo mundo. Esperei acontecer o impossível sim. Mas jamais imaginei que a vida estava pelo caminho. O destino a fez rodopiar nas brisas que sopravam alento em meu coração. E tudo ficou diferente quando ela me enfeitiçou e, ironicamente, desvelou diante de mim suas curvas mais sutis. Fui seduzido. Conquistado. E agora só penso em tê-la em mim cada vez mais. Tenho urgência de vida.





segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Os Muros do Labirinto

.

Penso em você

E ligo o meu corpo ao seu

Decolando da lona

Alcançando o apogeu.

Governo

Comando

Faço rei e plebeu

Mesma cor.

Para contrapor

Sugiro o êxtase

Da animalesca relação

Com instinto

E dantesca emoção

Que liberta

E derruba os muros do labirinto.

Doce

Alquimia sugerida

Profecia

Revelação da perfeição:

Ápice vida.


Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?