E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Armadura de Papel!

.


O vento varre as folhas

Que o Outono secou...


Sou um guerreiro

Que veste armadura

Mas aqui por dentro

Existe uma criança insegura

Que fura os olhos

Da indiferença

E ganha como recompensa

O beijo da confiança...

...distante!






2 comentários:

  1. Querido Cavaleiro medieval,poeta-elfo,encantador de palavras e sonhos!Minha alma reverencia a tua!Parabéns e obrigada por mais este poema lindo!Viajei no vento para te deixar minha lembrança,amizade e carinho...Perfumes e beijos!

    ResponderExcluir
  2. Minha doce cigana encantadora de versos,

    Sua amizade, sua lembrança e seu carinho estarão para sempre guardados nas brisas do meu coração... Linda sua Alma Cigana, sempre! Adoro-te! Bjs!

    Luz e Paz!

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?