E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 24 de outubro de 2010

Soneto de Um Poemeto Nunca Escrito

.

A pele que já não era mais papiro
Já não se escrevia mais poemas lá
Nem sonetos, manifestos; nenhum suspiro
Não instigava vindouros versos às valsas.


E a vida passava em passadas largas! E ainda passa!
E os sonhos definhando como raízes expostas
De uma cor ruim saindo de mim, amostras
Daquilo que eu sempre quis e nunca escondi...


Mas, ainda baguncei em nosso silêncio distante
Todos os afagos desejados, impropérios de amante
Toda aquela incerteza já pálida, desbotada... Agonizante!


E continua o amor a garimpar sobrevivência
Em todas as mais imperceptíveis existências
Que permeiam a poesia que nunca me exaure a carência!




5 comentários:

  1. Whesley,

    Lindo demais esse seu soneto!!!Parabéns por tanta sensibilidade e talento!!!

    Um grande beijo e boa semana!!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  2. Belo..vida passa em largos passos mesmo

    ResponderExcluir
  3. Meu querido amigo!Nunca as palavras poderão exprimir o carinho que sinto por ti!Agradeço-te a visita,que como sempre me enche de satisfação,estilhaça sóis dentro de mim,clareando com tua luz a minha alma...Estou me sentindo melhor.Fiz uma cirurgia astral através do C.E.U.Tupyara...Tenho imensa fé em Deus e nos seus mensageiros do Bem!Nunca me sinto sozinha,mas sempre acompanhada pelos meus amigos da outra dimensão da vida!Assim,sigo vivendo feliz,pois sei que Deus nos ampara sempre!Tento tornar meu karma em dharma...rsrsrs...aceitando o que me vem pelo caminho,seja o que for!E como diz meu povo: Thie Dhieula kerav mentsa barthali ando murro traio! Gracias por vc existir em meu caminho!Besos gitanos!

    ResponderExcluir
  4. Vislumbro o colorido da vida,
    contemplo as estrelas do céu,
    sou pelos anjos á escolhida,
    caminho entre eles sem véu...

    Valquíria Cordeiro

    Feliz Noite e beijos meus! M@ria

    ResponderExcluir
  5. Whesley,

    Que lindo esse soneto!!!Adorei...meus parabéns por tão bela escrita!!

    Um grande beijo e tenha uma linda semana!!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?