E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Combustível

.


Uma clara manhã vindo saudar


O dia belo e virgem nascendo


Faz dívida


Divino compromisso a saldar


O amor à amizade.


Belas cores inconfundíveis


Reluzem de todos os poros


E em cada canto do seu poder


Pulsa a música na voz dos coros


Que me ninam no caminho a percorrer.


Estou longe


Mas, tão perto te sinto


Que posso abrir um sorriso


E tocar em você.


Falta-me nos olhos


Farta-me no amor


Do incalculável valor


Do combustível


Que alimenta a minha poesia.


O carinho


O tempo passado


O sentimento guardado


Estarão todos presentes


Quando eu voltar e te abraçar


Um dia...


***


Salve Amigos da Sofia!


Este poema escrevi há muito tempo para uma amiga muito amada. Naquela época eu estava mudando de cidade e, de todas as coisas lindas que estão guardadas em minha alma, esta amizade é algo impermeável... Peço humildemente licença para oferecer a todos vocês, Amigos da Sofia, este sentimento tão magnífico: a amizade! Obrigado a todos pelo carinho, pelas visitas, pelos incessantes incentivos tão preciosos... O meu coração agradece emocionado!

Luz e Paz!




3 comentários:

  1. Tenho a pretensão de me incluir entre os seus amigos, desta forma agradeço pelo poema.
    Abração

    ResponderExcluir
  2. Meu querido amigo Poeta-elfo-feiticeiro-encantador de palavras!Deixo nestas linhas um pouco do meu carinho e da minha admiração por ti...Gracias pela tua presença na minha vida!És daquelas pessoas que tornam o mundo mais belo e mais feliz!Te adoro!Que Dhieula te dê toda a felicidade e toda paz!Doce beijo pefumado...

    ResponderExcluir
  3. Como as estações
    Assim são nossas emoções
    Hora vivemos primaveras
    Em outros longos verões
    Porém também intensos invernos
    E outono em outros momentos

    Ataíde Lemos

    Amor & Paz....Beijos na alma!!

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?