E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 11 de julho de 2010

Percursos (Trem e Bagagem)

.



Você

Faz o poeta que há em mim

Escrever

Poetizando os lados da estrada

A percorrer

Os percursos solitários

De um rio

E seus trajetos imaginários

Que sopram

No vazio de barcos abandonados

As cores

Da criação de seus mares esquadrados

A insuficiente exatidão

De correr os riscos da viagem

Sendo o trem e a bagagem

Que já se perderam

Tragados

Pela insana malcriada paisagem...

5 comentários:

  1. Só quem não tem medo de correr riscos, pode chegar a algum lugar. Parabéns pelo aniversário.
    ABração

    ResponderExcluir
  2. Por você,
    Eu falaria com a lua cheia
    Pediria lindos raios para te dar
    E traria lindas flores prá te ofertar!

    Beijos e carinhos meus...M@ria

    ResponderExcluir
  3. Whesley,

    Os poetas escrevem em seus caminhos solitários, tendo a vida como sua inspiração, as musas em seu coração...cada poema, uma novo passo na estrada, que fica eternizado em suas palavras!!

    Um grande beijo e ótima semana!!!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  4. "El vacìo de barcos abandonados..."

    Que buena imagen.

    Bien escrito. Bello.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  5. "Amigos são flores plantadas ao longo
    do nosso caminho para que saibamos
    encontrar primavera o ano todo."

    (Letícia Thompson)

    Feliz Sábado e beijos na alma...M@ria


    Obs:Tem selinho aqui,um carinho prá voce!Leve-o.

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?