E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Os Fragmentos do Coringa

.


A cautela no que está parcial

Produz sombra no túnel já escuro

Já maduro pelo tempo.

Fragmentado o coringa dorme

Na tentativa da cura

Na derradeira figura do que pode estar frágil

Mas, arrebenta na curva do infinito

Que varre todos os meus pensamentos

Na escuridão do meu quarto.

Desperdiço esperança

E torno velha a criança que sorria sensações.

O sabor da incerteza adoça meus lábios

Mas, incertos são os sábios

Que habitam o meu viver

Morando nos meus sonhos

E transformando em meu íntimo

A vida em escarlate!


E o disparate

É justamente o que vai me precaver...


Foto: Cirque de Soleil


Olá Amigos da Sofia!

Eis mais um dos poemas que escrevi junto com a minha querida amiga Luciana de Lima à quatro mãos e a dois corações. Adoro! Lu, o melhor dos meus fragmentos para ti!





2 comentários:

  1. Um belíssimo dueto, Amigo Whesley...
    Enriquecendo ainda mais este teu
    cantinho tão Maravilhoso!!!

    Beijo, meu Amigo...
    No coração!!!
    Iza

    ResponderExcluir
  2. Oi,querido Amigo-Elfo-Poeta!Poema bastante interessante e profundo este!Parabéns! Passei pra te rever,deixar um carinho e perguntar-te se ainda queres adquirir meu modesto livrinho de poesias...O valor é R$10,00 + despesas de Correio.Se quiseres me dá um retorno,sim?Um abraço carinhoso e um beijinho enluarado e perfumado de flores silvestres...

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?