E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 18 de abril de 2009

Soneto (Retrato) do Meu Bem




Ser humano com olhos de amor

Coração de anjo voando

Desejo de bicho com fome

Atitudes de criança crescendo.


O meu bem tem luz de luar

Inteligência de mestre ensinando

Sorriso de isca para içar

Caráter autêntico, se auto-sobrepujando.


Encanto de me deixar aqui

Vontade de me colocar nos braços e sorrir

Amor capaz de me fazer feliz.


Uma história antiga que começou ontem

O mistério que intriga e constrói as fontes

A razão mendiga que se esconde nos horizontes... Nossos!

11 comentários:

  1. Com gatinhos!!!*.*

    nesse horizonte o silêncio apaga o espaço, o grito emudece os corpos, o brilho do Amor invade as almas e o infinito acontece ali...

    Linda tua Musa!!!
    Pelo jeito encontraste alguém muito especial!!!

    Beijo e meus votos de felicitys!!!

    =)

    ResponderExcluir
  2. .../Quantos sonhos

    Já ancestrais

    Gritam e correm

    Mas, não se abrigam

    Porque a chuva

    Não machuca

    O descanso

    Do que não se acalma

    Dentro de mim.../

    (...os nossos sonhos nunca se apagam, amanhã, novo dia, novo sonho")

    Simplesmente belíssimo o seu Blog, grata surpresa em poder conhercê-lo!
    Serei agora também mais uma seguidora sua,

    Grata pelo comentário e agradável visita,

    Beijos,

    Reggina Moon - Verso & Prosa

    ResponderExcluir
  3. Adorei teu soneto e a imagem ficou DEZ! um abração,chica

    ResponderExcluir
  4. Lindo poema.
    Sinto que nos conhecemos e que de uma forma que não explico, nossos versos se completam. Como a corda e a caçamba, o côncavo e o convexo. E, como poeta de tantas musas e a musa de tantos poetas, seguimos em frente.
    Escrevo o prólogo e quando venho aqui encontro o epílogo.
    É doce a sua arte, bálsamo são suas palavras.
    E que Deus nos ajude a desenvolver o conteúdo, o que está entre o começo e o fim. Nessa linha que temos seguido, onde amar é tão importante quanto viver.
    Deus te abençoe infinitamente...
    Com carinho,
    Lila.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Boa Noite! Gostei desse espaço sim...
    estive a ler alguns textos publicados aqui, antes de me esquecer, gostei das musicas tbm. Obrigado por seguir o meu blog. Sinta-se convidado tbm aos comentários.

    abraços!

    ResponderExcluir
  6. Oi Whesley,

    Me parece que o amor encontrou alguém especial para inspirar seus poemas e poesias.

    Muito me encanta ter alguem a quem recorrer quando necessitar de palavras doces.

    Parabéns pela sensibilidade e luz.

    Vou segui-lo sempre.

    ResponderExcluir
  7. Lindo o seu blog! Parabéns!

    Obrigado por acompanhar o meu.

    Abração!

    Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA - www.atorremagica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Estou a cada dia descobrindo poesia, foi bom ter achado este espaço cheio delas. Obrigado por estar participando do meu blog.
    Vou começar lê-lo.

    Abraço,

    João

    ResponderExcluir
  9. Queridooooo!!
    Que meigo e lindo soneto de exaltação ao seu amor!!
    É um verdadeiro deleite estar por aqui!!
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Whesley,

    Este soneto representa o mais sublime sentimento de amor. Muito lindo. Obrigado por este carinho em seu blog.

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Só quem sabe que tem o verdadeiro amor entende estas palavras.

    Só quem ama... sabe ... que é amado quando lê estes pequenos sentimentos em prosa.

    Abraço,

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?