E pode haver em um único sol

Milhões de horas

Para a poesia que aflora

Transformar o meu espírito...

Atualizações do Amigo da Sofia em seu e-mail. Cadastre-se!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Jangada



Um simples poema

Algumas frases conjugadas

Palavras, expressões

Frutas, espuma

A mais humilde das jangadas

Para transportar

A minha saudade de você...


Tão juntos estivemos

Tão unidos já fomos

E hoje já não sei

Por onde cavalga o seu destino?


Já não nos vemos

O sol já não está tão a pino

Não nos escrevemos

Compartilhamos

Já não nos sentimos...


Compreendo

Que percas o meu endereço

Não suportaria

Ser expulso do seu coração.



9 comentários:

  1. Adorei seu comentário sobre meu poema. Adorei o adjetivo "fulzilante" e ainda mais os elogios.
    Nào é uma boa idéia, na vida real, tentar matar alguém com salto agulha. Melhor uma adaga...rss
    Tua casa tb é ótima.
    Seu poema tem a ver com meu momento.
    Um beijo

    Rossana

    ResponderExcluir
  2. Nossa!!!
    Depois de lê-lo,minhas palavras partiram nesta jangada...

    Um Beijo =)

    ResponderExcluir
  3. mesmo que não possa ver, mesm oque não possa tocar, faça o seu pensamento encontrar, faça ele buscar e não deixe que o endereço se perca, faça o sol brilhar novamente a cada manhã!

    ResponderExcluir
  4. Que linda metáfora que fizeste com essa jangada...Adorei! um abração,chica

    ResponderExcluir
  5. Oi Queridoooooooooo!!
    Mesma que ela perca teu endereço, não se perca no mar das tristezas.
    O sol,sempre nasce , masmo após uma horrivel tempestade.

    SAUDADES .. é o amor que fica!!


    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Whesley
    Por vezes parece-nos que estamos a perder a jangada do amor , da amizade ;todas as jangadas.
    Por experiência própria eu sei que a jangada da amizade nunca perdemos e é a que nos vai salvar na maior das tempestades, evitando que a solidão seja absoluta. Mas entretanto ...
    Muito obrigada pelas palavras deixadas lá no meu "cantinho" , são essas palavras que constroem a jangada que nos salva de nos afogar-mos.
    Um grande abraço
    Nocturna

    ResponderExcluir
  7. "...Por onde cavalga o seu destino?..."
    Onde nos leva a jangada que partilhamos em honra do amor? Lindo poema...

    Beijo...

    ResponderExcluir
  8. Meu lindo amigo,
    Ler é bom. Alimenta a alma.
    Adoro esse vício de te ler e espero que não haja cura.
    Lila(sua leitora compulsiva conhecida)

    ResponderExcluir
  9. Whesley,

    o Amor é impossível de expulsar do coração, podemos trnasformá-lo em coisas menores como indiferença ou ódio, mas eles não deixam de ser ainda o Amor em versões alteradas.
    A ligação de Amor é inquebrável, é uma linha de ouro e, por isso, jamais possível de desaparecer.

    Um abraço

    Shin Tau

    ResponderExcluir

"O que você não pode eu não vou te pedir e o que você não quer eu não quero insistir..." (Humbeto Gessinger)

SEU COMENTÁRIO SERÁ RESPONDIDO AQUI NO BLOG MESMO. OBRIGADO!

Related Posts with Thumbnails

O Que Você Procura no Amigo da Sofia?